14 de outubro de 2020 / por ondatkm

Caixa anuncia redução na taxa para financiamento da casa própria

Foi anunciado pela Caixa Econômica Federal nesta quarta-feira (14) uma redução na taxa de juros para financiamento da casa própria para o cidadão pessoa física.

O piso passa de 6.5% para 6,25% mais a taxa referencial (TR) ao ano. Com relação ao teto também houve uma queda de 8,5% para 8% mais TR. As novas taxas entram em vigor na próxima quinta-feira, 22 de outubro.

Simulação
Enquanto aconteceu o anúncio, Pedro Guimarães, presidente da Caixa simulou o financiamento de uma casa de R$ 200 mil com pagamento em 30 anos, veja como ficou:

Se fosse levada em conta a taxa cobrada em dezembro de 2018, que era a TR mais 8,75%, a prestação inicial estaria em R$ 1.958,48. A partir de agora, será de R$ 1.568,52, queda de 25% em relação à taxa daquele ano. Pela taxa IPCA mais 2,95%, que o banco passou a oferecer em agosto de 2019, a prestação seria de R$ 1.040,70, queda de 46% em relação à taxa de 2018.

Mudanças
Outras medidas também foram divulgadas, como agora o banco vai facilitar a retomada do pagamento do financiamento habitacional quando terminar a pausa de quem pediu a suspensão da dívida. Com isso será permitido pagar a prestação de forma parcial: entre 50% e 75% do valor por até seis meses. O percentual dependerá do perfil do cliente.

o cidadão que optar por pagar 75% do valor da prestação do imóvel ganhará mais seis meses. Entre 50% e 75%, o prazo baixa para três meses.

Já para os novos contratos, o prazo de carência para começar a pagar será de seis meses, lembrando que essa carência estará em vigor para novos contratos até 30 de dezembro.

Feirão virtual
O presidente da Caixa Econômica, informou que a instituição realizará este ano o feirão da casa própria em formato virtual.

A partir da próxima segunda-feira, 19 de outubro, a Caixa vai liberar a contratação de financiamentos habitacionais pelo aplicativo Caixa Habitação. O cidadão que optar pela nova ferramenta e tiver seu financiamento aprovado na avaliação de crédito deverá comparecer as agências apenas para assinatura do contrato.

Jornal Contábil