12 de fevereiro de 2020 / por ondatkm

Empreendedorismo: Descubra como obter sucesso a longo prazo

Marcelo Molina, do Molina Advogados, celebra os 15 anos do escritório e revela dicas preciosas para quem busca obter sucesso ao apostar no empreendedorismo

 

1- Nos conte um pouco sobre o escritório de vocês. Como surgiu a ideia de apostar no empreendedorismo?

Chegamos aos 15 anos consolidados e reconhecidos na área tributária, societária, contratos e proteção de dados, esta última foi implantada há quase dois anos. Logo nos primeiros anos do escritório a área tributária passou ser a mais forte, e, partir dela e pela demanda dos clientes, outras áreas foram sendo implantadas. Nosso escritório sempre se posicionou muito próximo dos clientes, trabalhando em conjunto e buscando entender as dores e complicações, sabíamos e sentíamos que além da demanda jurídica, podíamos entregar muito mais. Outro ponto importante é que o que muito se fala hoje em dia sobre inovação, sempre foi algo perseguido por nós, sempre acreditamos que com a tecnologia o advogado poderia se livrar das burocracias etornar-se cada vez mais advogado. As vezes me questionam, se o mercado jurídico será reduzido a 2% com tecnologia (notícias catastróficas que não acredito) minha resposta é simples, estarei nos 2%.

Na verdade não foi uma ideia empreender, a intenção era atuar em um escritório consolidado, mas como acontece como a grande maioria dos empreendedores, nasceu da necessidade, assim que me formei e tirei a OAB não havia vaga de advogado no escritório que eu estagiava na época, o que fez com que no dia seguinte eu buscasse trabalho e não emprego, não tinha tempo e precisa gerar receita logo.

A profissão de advogado tem essa vantagem, somos profissionais liberais e basta vontade e dedicação e no dia seguinte você simplesmente está trabalhando.

Talvez uma diferença que eu tinha é que mesmo na época de estagiário eu já me comportava como advogado e empreendedor, capitando clientes para o escritório que estagiava e sempre me relacionei neste sentido, o que fez com que logo eu tivesse alguns trabalhos para executar, como algumas audiências e cobranças condominiais.

 

2- Em quais áreas vocês atuam?

Tributário, Societário, Contratos e Proteção de Dados.

– Sob quais pilares você avalia que a iniciativa empreendedora de vocês se consolidou?

Sermos resolutivos e assertivos, a burocracia na área é imensa e sempre buscamos desburocratizar para facilitar a vida dos clientes;

Disponibilidade absoluta para os clientes, sempre nos posicionamos como um ponto de apoio, nunca admitimos manter a distância e nos colocarmos acima, a estrela é o cliente;

Entendimento do negócio do cliente e suas dores;

Compreender que nossa obrigação é ser altamente técnicos e eficientes e isso não é um diferencial, nosso diferencial deveria estar no atendimento e na compreensão do negócio do cliente, isso faria com que realmente tivessem um valor diferenciado na relação.

 

3- Qual o maior desafio de empreender a longo prazo?

Sem dúvidas, a paciência e perseverança.

Muitos negócios não sobrevivem pela falta de paciência ou impossibilidade de aguardar as coisas acontecerem. Parte das pessoas querem o resultado para o dia seguinte e isso nunca irá acontecer, seja na advocacia ou em qualquer negócio. Sempre falo que só existem duas coisas instantâneas na vida, o café solúvel e a loteria, todo o resto se conquista com muito trabalho.

4- Qual a sensação de ter um modelo de negócio consolidado em um mercado no qual, a maioria dos negócios, acabam fechando as portas nos primeiros dois anos?

Confesso que me sinto grato a cada dia que acordo para ir trabalhar e a cada dia que volto para casa, isso significa que vencemos mais um dia.

As coisas não foram nada fáceis para o Molina Advogados, demoramos bastante tempo para termos fôlego, o que aconteceu muito tempo após a fundação, mas acho que o segredo foi simples, focar no negócio e reinvestir absolutamente tudo. Nosso mantra sempre foi, o negócio tem que ser bem sucedido e não os sócios, isso fez com que pudéssemos avançar, nos consolidarmos e nos tornarmos competitivos.

 

5- Quais os planos para os próximos 15 anos?

Expandir nossa operação sem perder nossos valores e cultura.

– Se você pudesse oferecer três dicas para quem esta pensando em empreender, elas seriam quais?

  • Se dedique sempre como se fosse o seu último dia;
  • Tenha paciência e não se admita desistir;
  • Nunca coloque dinheiro em primeiro lugar, coloque o propósito e o dinheiro virá como consequência;
  • Tenha humildade e nunca a perca, independente do momento que esteja.