25 de novembro de 2020 / por ondatkm

Entenda como funciona a contabilidade para as empresas do Simples Nacional

É indispensável que qualquer empresa negligencie o apoio especializado para lidar com questões contábeis e tributárias, afinal, o empresário nunca está livre das obrigações, como o recolhimento de impostos, somente por estar enquadrado no Simples Nacional.
Qualquer erro cometido pode ser expressivamente prejudicial ao negócio, impedindo que ele cresça e se fortaleça conforme o esperado. Contudo, diante de todo o apoio tecnológico agregado ao setor contábil atualmente, todos os processos ficaram ainda mais fáceis e ágeis.

Importância da contabilidade para as empresas enquadradas no Simples
A tarefa de lidar com a legislação tributária e toda a burocracia envolvida nela, é um dos maiores desafios do empreendedor, pois, diante de tantas leis e normas, é difícil compreender e manter os processos legais em ordem enquanto se está ocupado com a rotina de gerir um negócio.

Isso vale para as empresas optantes pelo Simples Nacional, que incluem as seguintes categorias:

– Microempreendedor individual
– Microempresa
– Empresa de pequeno porte.

Embora o recolhimento dos tributos tenha sido simplificado em uma guia única, principal atrativo do Simples Nacional, há uma série de outros procedimentos que devem ser mantidos, como a emissão de notas fiscais, declaração de faturamento e pagamento de funcionários, por exemplo.

São estes fatores que apresentam a necessidade e importância de as empresas do Simples Nacional também contarem com os serviços contábeis, visando ter mais segurança para conduzir os processos e se dedicar à linha de frente, promovendo o crescimento do negócio no mercado.

Recursos contábeis para empresas do Simples Nacional:
Planejamento tributário
Diante da complexidade do sistema tributário brasileiro, os empreendedores enxergam isso como uma barreira para seguir em conformidade com a lei, especialmente sem a ajuda de um contador.
Por isso, é extremamente importante contar com o apoio deste profissional para elaborar o planejamento tributário mais adequado para a empresa, essencial para manter a saúde financeira do empreendimento, reduzir os custos e até mesmo, planejar a expansão do negócio.

Assessoria tributária
Outro serviço contábil se trata da assessoria tributária, responsável por dar suporte ao empreendedor a respeito do enquadramento da empresa e as obrigações referentes ao pagamento dos impostos. Neste sentido, a assessoria atua como um facilitador na tomada de decisões, além de assegurar que a empresa enquadrada no Simples Nacional não negligencie nenhum fator importante.

Pagamento dos impostos em dia
É primordial que as empresas optantes pelo Simples Nacional mantenham o pagamento dos impostos em dia, no intuito de garantir a permanência de alguns benefícios, como a automatização no cálculo dos tributos que, se realizado incorretamente, pode gerar multas e juros.

Vale mencionar que, nesse caso, a contabilidade também auxilia no processo de pagamento e demais obrigações, como a declaração anual de faturamento do Microempreendedor Individual (MEI), por exemplo.

Emissão da nota fiscal
A emissão de notas fiscais eletrônicas também é um fator relevante que a contabilidade pode cuidar para as empresas do Simples Nacional.

Normalmente, os escritórios contábeis oferecem o próprio emissor de notas, promovendo maior agilidade para o empreendedor ao emitir as notas fiscais de cada cliente.

O sistema também permite a consulta de dados armazenados em notas fiscais emitidas em momentos anteriores, caso surja a necessidade de fazer uma consulta.

Apoio na entrega das obrigações acessórias
Quando se fala em obrigações acessórias, há uma série de processos que uma empresa optante pelo Simples Nacional deve realizar, como a entrada na Declaração de Informações Socioeconômicas (DEFIS) e da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS). Por esta razão o empreendedor precisa sempre estar atento às obrigações e ao procedimento adequado a ser executado.
————-

Jornal Contábil