11 de agosto de 2020 / por ondatkm

INSS: Mais de 600 mil segurados precisarão enviar informações complementares

Um comunicado do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), informou que cerca de 625 mil segurados devem encaminhar informações complementares para viabilizar a análise dos benefícios solicitados.

Isso porque, em alguns casos, a extensa demora para a disponibilização dos recursos oriundos de pensão por morte ou aposentadoria, podem acontecer devido à falta de todas os dados necessários pedidos ao cidadão.

Até o momento, 861 mil pedidos estão em processo de verificação pelo INSS, e dependem de alguma ação do seguro.

Com base na última atualização de dados feita nesta segunda-feira, 10, aproximadamente 625 mil segurados já foram notificados pelo instituto, via telefone ou mensagem de texto do celular.

O processo de notificações se iniciou em julho, requerendo o cumprimento de todas as exigências.

Entretanto, caso haja alguma dúvida, o segurado deve saber que, apesar das notificações, é possível verificar a situação por conta própria.

Para isso, basta acessar o site ou o aplicativo “Meu INSS” que a informação aparecerá automaticamente no visor do computador ou celular.

As informações também podem ser obtidas pelo telefone 135.

Em todas as modalidades, são comunicados todos os documentos e demais dados que precisam ser apresentados com urgência.

O tempo estipulado para a concluir os benefícios previdenciários é de 39 dias.

Caso o segurado tenha feito a solicitação há um tempo superior à média, recomenda-se que o mesmo verifique se ainda existe alguma exigência pendente, ao acessar o aplicativo, site ou telefone. Entretanto, o tempo para que o instituto conclua a verificação dos pedidos pode chegar a 45 dias.

Para fazer a correção das pendências através do aplicativo Meu INSS, basta clicar na opção “Agendamentos/solicitações” no menu.

Na sequência, é preciso localizar o processo em exigência e clicar na lupa para obter mais detalhes.

Por fim, clique em “Cumprir exigência” e, em seguida, em “Anexar arquivo”.

Cada arquivo anexado pode conter somente 5 MB.

O segurado pode clicar em “Anexar”, quantas vezes for necessário, até incluir todos os documentos solicitados.

Para finalizar, basta clicar em “Confirmar”.

E se necessário, é possível fazer um comentário ao selecionar a opção “Responda aqui”, para esclarecer os motivos da exigência.

Por último, clique em “Enviar” e confira se o processo foi concluído corretamente.


 

Fonte- Jornal Contábil