2 de dezembro de 2020 / por ondatkm

Patrimônio empresarial: O que é e como calculá-lo?

Você sabe o que constitui o patrimônio da sua empresa e em como calculá-lo de forma correta? Se não, continue conosco que na matéria de hoje vamos esclarecer estas dúvidas.

Patrimônio de uma companhia
O patrimônio de um companhia se refere a todos os bens, direitos e obrigações, então podemos dizer que ele é muito mais do que apenas a mobília, as instalações e os ganhos financeiros.


Gestão Financeira
É essencial que a empresa saiba contabilizar seu patrimônio, seus bens e direitos, nesta matéria vamos esclarecer mais sobre o que compõe o patrimônio empresarial e como contabilizá-lo de forma correta.

O que são bens, direitos e obrigações
Primeiramente para contabilizar o patrimônio é necessário saber o que são bens, direitos e obrigações.

Bens
Bens de um negócio é tudo aquilo que pode ser avaliado economicamente, sendo assim, tudo que a companhia pode trocar, vender e comprar e que pode ser usado para atingir os objetivos da empresa, são seus bens.

Veja exemplos:

Veículos;
Móveis;
Estoque;
Marcas;
Patentes, entre outros.

Direitos
Direitos também são considerados patrimônio da empresa e são valores que a companhia tem a receber de cliente ou de outras transações comerciais. Este é o caso de pagamentos a prazo, juros, notas promissórias, entre outros tipos de pagamento que devem ser recebidos.

Obrigações
As obrigações são o oposto dos direitos, essa são as dívidas que uma companhia precisa quitar.
Veja um exemplo: Pagamento de aluguel, fornecedores, os salários dos colaboradores, impostos e outros pagamentos.

Como calcular o patrimônio de uma empresa?
O primeiro passo para calcular o patrimônio de uma empresa é fazer o balanço patrimonial e descobrir a capacidade da companhia em gerar riqueza a longo prazo.

Feito isso você compreenderá melhor em como a organização vai render nos próximos anos.

Existe também outro método de comparação por múltiplos, que consiste em calcular por meio da base na comparação com outras companhias do mercado.

Portanto as empresas analisadas devem exercer o mesmo tipo de atividades e ter um portfólio de produtos ou serviços parecidos.

Patrimônio líquido
É importante calcular o patrimônio líquido, este é representado pelos bens e direitos que a companhia possui após pagar todas as suas dívidas.
‍Para fazer o cálculo do patrimônio líquido, é necessário utilizar a seguinte fórmula:

Patrimônio líquido = Ativo – Passivo
Ativos: São os bens e direitos que uma empresa possui ou que tem a receber.

Passivos: É as obrigações financeiras, como as dívidas que tem para quitar e os pagamentos a serem feitos.


Capital
As origens deste estão representadas no patrimônio líquido, por meio de sócios e acionistas, ou no passivo, por meio de terceiros.

A aplicação desses capitais é feita pelos ativos da companhia.

Veja alguns tipos de capitais que existem:

Capital Social;
Capital de Terceiros;
Capital Integralizado e Capital a Integralizar;
Capital Próprio;
Capital Total à Disposição da Entidade;
Capital Autorizado,
Capital de Giro.

Conclusão
É primordial diferenciar capital de dinheiro, pois, não são as mesmas coisas.
Se tratando da contabilidade o capital também pode ser constituído por outro bem além do dinheiro.

——
Fonte- Jornal Contábil