20 de dezembro de 2019 / por ondatkm

Como começar a vender online: O passo a passo para seu planejamento

Você decidiu que queria empreender, estudou a ideia durante muito tempo e, finalmente, decidiu que vai começar a vender pela internet. Esse é uma grande passo, mas chegou a hora de fazer o planejamento para poder colocar sua proposta em prática. Portanto, neste artigo, vamos trazer algumas dicas sobre como vender online.

Antes de começar, vale ressaltar que se programar é fundamental para que você dê início a um negócio próspero. Portanto, saiba exatamente como agir em relação a cada aspecto que empreender exige. Dessa forma, você dará cada passo de forma assertiva, o que aumenta suas chances de sucesso!

Vamos às dicas?

1. Defina o que vender e para quem

Antes de saber como vender online, você precisa saber o que e para quem vender. Esses dois fatores estão intimamente ligados, pois serão a base do seu negócio.

Em 2019, o Brasil registrou a existência de quase um milhão de lojas online, de acordo com dados da empresa BigData Corp em parceria com o PayPal. Isso mostra como a competição pode ser acirrada. Mas não se assuste! Com um bom planejamento, é possível se destacar. Entretanto, essa se torna uma tarefa mais fácil quando você se especializar em nichos.

Isso significa que você deve optar por vender produtos que atendam a necessidades específicas de um público muito bem definido. Por exemplo, ao invés de vender roupas, você pode definir que vai comercializar roupas e acessórios confeccionados em couro vegano.

Sobre o público para quem vai vender, você não deve se limitar a estabelecer apenas dados demográficos do grupo. Para poder criar estratégias de vendas, marketing e comunicação que atinjam em cheio seus potenciais clientes, você precisa definir as personas do seu negócio. A persona é uma representação semifictícia do seu consumidor ideal e deve conter informações como idade, gênero, renda, profissão, dores, desejos e hobbies.

2. Escolha seus canais de venda

Definir como vender online envolve escolher os canais pelos quais você fará isso. Você pode optar pelas redes sociais, como o Instagram, marketplaces, como o Mercado Livre, e por criar uma loja virtual. E o bom é que você não precisa se limitar a apenas uma das formas!

Se você optar por criar seu site e o fizer a partir de uma plataforma de e-commerce, é possível integrá-lo às redes sociais e marketplaces por onde você vende. Assim, você consegue gerenciar todos os seus canais de venda pelo mesmo lugar.

Avalie todas as possibilidades, mas lembre-se que, ao ter seu próprio site, você terá mais controle sobre seu modelo de negócio, desde como você expõe seus produtos até quais meios de pagamento e de envio você vai oferecer aos seus clientes.

3. Faça uma análise da concorrência

Você já sabe o que vai vender online, para quem e por onde. Agora, é hora de ver quem mais está fazendo isso e de que forma. Por mais que você escolha um nicho bem específico, é pouquíssimo provável que você seja o único naquele segmento. Portanto, você precisará fazer uma análise da concorrência.

Observe todos os aspectos que puder, desde os preços até a forma como a marca se comunica. Olhe as redes sociais e veja o que os clientes dos seus concorrentes estão dizendo. A partir daí, você pode tirar boas ideias sobre como se destacar em seu mercado!

4. Planeje como investir na divulgação

Se você está começando um negócio do zero, vai precisar investir na divulgação para que as pessoas conheçam sua loja virtual. A boa notícia é que o marketing digital permite que você direcione seus anúncios ao seu público potencial, evitando gastos para que sua publicidade chegue a pessoas que não comprariam de você.

Para isso, como citamos no primeiro passo, é preciso que você tenha definidas as personas do seu negócio. Além disso, para criar campanhas eficazes, você precisa entender como é a jornada de compra do consumidor, ou seja, cada passo do usuário no processo de tomada de decisão antes de adquirir um produto.

Dessa forma, você saberá que tipos de anúncios criar para cada uma das redes sociais e das possibilidades do Google Ads, por exemplo.

5. Tenha calma

Depois de fazer todo o planejamento sobre como vender online, é hora de começar a colocar a estratégia em prática. Todavia, tenha calma! Não tem problema começar aos poucos, entregando apenas em uma área mais próxima a você, por exemplo.

Dessa forma, você evita dar um passo maior do que a perna e começa a atender seus primeiros clientes da melhor forma possível.

Começar um negócio passando uma boa impressão, tanto em relação ao atendimento quanto aos prazos de entrega, por exemplo, é uma ótima forma de ir conquistando novos consumidores.

Empreender é um grande desafio, mas agora que você já sabe como vender online, pode se planejar para começar um negócio de sucesso! E então, está pronto?

Informações da autora

Victoria Salemi é a editora responsável pelas parcerias de conteúdo da Nuvemshop, a maior plataforma de comércio digital da América Latina, com mais de 30 mil lojas ativas. Formada em Jornalismo, ama escrever e tornar assuntos complicados acessíveis a todos!